20/08/2013

Só eu sei de ti




Entardeceu,
Deu uma chuva fraca,
Como aquela que te fez ficar em casa outro dia.
Te convenci que o melhor era ficar ali,
Vendo os pingos da chuva escorrerem pelas folhas das plantas.
Quando trovejou, você fechou os olhos.
E eu te abracei,
Só eu sei de ti.
Eu toquei aquela música
Você sorriu e cantou junto.
Vestida com uma camisa minha.
Você dormiu, eu entendi

Que só eu sei de ti.

(Eliano Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores