31/07/2012

Abstinência

A carne pede,
cede como quem cansa,
a ânsia da carne fede.
Perfume de lembrança.

dança
pede 
cede
transa

A pele chama,
a carne pede,
a carne cedida
como quem perde,
a mordida fere,
a carne ferida geme.

Treme como quem goza,
como quem teme.
Carne viçosa.


(Eliano Silva)

Seguidores